top of page

Gestão de pessoas e liderança: o uso de feedbacks


No processo de gestão de pessoas e liderança de uma equipe é fundamental desenvolver algumas metodologias para fortalecer o seu processo gerencial.  Um recurso que é essencial nesse trabalho são os feedbacks. 


Através do feedback um líder consegue aperfeiçoar e motivar sua equipe e seus colaboradores. Essa ferramenta é cada vez mais necessária na gestão dos novos modelos de negócios. 


Isso porque, a utilização do feedback permite que os líderes desenvolvam uma cultura motivacional que afeta toda a organização. Aumentando o desempenho dos colaboradores de modo geral. 


Entretanto, para desenvolver uma gestão de pessoas e uma liderança efetiva, o feedback precisa ser assertivo e planejado. É necessário utilizar habilidades específicas para passar com clareza ao colaborador essas deliberações. 


Por isso, separamos algumas dicas e orientações para você usar o feedback a seu favor e a favor da sua empresa no momento de se comunicar com o funcionário. Confira na leitura abaixo!


Garanta um feedback assertivo na gestão de pessoas e liderança

O feedback é uma resposta, um parecer, dado a um colaborador após a realização de tarefas e demandas. Nada mais é do que passar para esse profissional como ele se saiu no desempenho da sua função. 


Mas para isso é preciso desenvolver estratégias para dar esses feedbacks aos colaboradores e a equipe de modo geral. Esse processo deve ser planejado de forma estratégica para garantir clareza nas ideias passadas e não afetar negativamente os profissionais. 


Contudo, existem dois formatos de feedback: o positivo e o negativo. O feedback positivo não é necessariamente um elogio. Ele é dado quando a equipe ou colaborador consegue atingir suas metas/objetivos mas sempre mostrando os motivos e caminhos que levaram ele a ter êxito. 


O feedback positivo é importante para o colaborador entender que seu desempenho foi satisfatório e ele deve continuar desempenhando a sua função dessa maneira. 


Já o feedback negativo é utilizado para corrigir falhas cometidas pela equipe e colaboradores. Mas sempre com uma abordagem educada e estratégica, sem ofender os profissionais. 


Esse feedback negativo também é necessário na gestão de pessoas e liderança, pois ele busca evoluir a equipe para atingir os resultados e expectativas esperadas. Além disso, durante o feedback é necessário manter questões pessoais de fora do diálogo.  


Essa ferramenta quando bem utilizada pode motivar os colaboradores e assim melhorar exponencialmente o desempenho deles em suas funções. Abaixo listamos algumas técnicas para utilizar no momento de dar feedback aos colaboradores. 


Seja objetivo 

O primeiro ponto é ser objetivo. Na tarefa de gestão de pessoas e liderança, ser objetivo é fundamental para garantir clareza na apresentação das ideias. Aponte erros e acertos e mostre o processo que levou a esse resultado. 


Dê o feedback no momento ideal 

É importante criar uma cultura de feedback para garantir que essa orientação seja dada no momento ideal. Busque não postergar muito esse parecer com o colaborador, para evitar esquecimentos. 


O foco é o colaborador 

O foco do feedback é o colaborador. Tente evitar desviar do assunto ou descontar frustrações na equipe. É importante manter o foco do feedback no trabalho realizado e no profissional.  


Garanta que o feedback seja absorvido 

É necessário que o profissional entenda o porquê do feedback, com motivos e apontamentos relevantes para que ele absorva as considerações. Só assim realmente o feedback terá efeito positivo no trabalho desenvolvido. 


Não abandone o feedback como ferramenta de gestão de pessoas e liderança 

Muitos líderes tendem a abandonar o processo de dar feedback e conversar com a sua equipe ao longo do tempo. Mas isso não pode ocorrer em uma liderança de sucesso. 


O processo do feedback deve ser instaurado em uma organização como parte da cultura de gestão de pessoas e liderança. Ela deve estar constantemente presente no dia a dia dos líderes e seus colaboradores. 


Quando esse processo é abandonado o colaborador sente-se desmotivado. O que pode afetar o seu desempenho nas suas demandas. Por isso, é fundamental incentivar conversas e trocas de avaliações com os profissionais diariamente. 


O líder também deve receber feedbacks 

Um líder de sucesso também é um bom receptor de feedbacks. Sejam feedbacks dos colaboradores, de clientes ou outros profissionais da organização. Um bom gestor sabe ouvir seus profissionais e absorver observações sobre o seu desempenho. 


Receber um feedback é uma oportunidade de desenvolver também uma auto avaliação sobre o seu trabalho enquanto líder. E assim identificar pontos de melhoria e progresso na gestão de pessoas e liderança. 


O feedback é necessário para aumentar a produtividade e motivar equipes. E nada melhor que também um líder motivado desempenhando ao máximo a sua função. 


O feedback é ideal para uma liderança de sucesso

O sucesso de uma organização está diretamente ligada com o processo de gestão de pessoas e liderança. Por isso, é necessário que os líderes das equipes consigam motivar seus colaboradores e definir objetivos. Para que assim, todos atinjam as suas metas. 


Com isso, o feedback é uma ferramenta essencial no desenvolvimento de uma liderança de sucesso. Quando aplicado de forma assertiva e com estratégia, o feedback tem a função de motivar os profissionais e aumentar o desempenho deles nas tarefas da empresa. 


Mas lembre-se que feedbacks não são elogios e nem momentos de críticas. Ao utilizar essa ferramenta você deve mostrar ao seu colaborador por quais caminhos ele passou até chegar no ponto em questão. 


E então, você já implementa a cultura do feedback na sua gestão de pessoas e liderança?


No Blog da Evoluum você encontra outros conteúdos completos para aperfeiçoar o seu processo de liderança e aumentar a inovação da sua empresa. Acesse e confira!


1 visualização0 comentário
bottom of page