Entenda como demandas em excesso podem prejudicar a sua equipe de alta performance


O ramo da tecnologia está em constante atualização, obrigando aos empresários e especialistas da área a mudarem as suas estratégias com frequência. Contudo, para que seja criada uma equipe de alta performance é necessário cuidado, visto que essas alterações podem ultrapassar o limite que um time de desenvolvimento de softwares suporta.


Por isso, neste artigo separamos informações importantes que vão orientá-lo na criação uma equipe de alta performance mesmo com uma demanda crescente e que exija mais tempo e desempenho de seus colaboradores. Boa leitura!


Alta demanda versus equipe de alta performance: uma luta corporativa


Os times de tecnologia são os mais cobiçados nos dias de hoje. Com o avanço tecnológico, as empresas buscam especialistas nessa área, que entreguem o melhor de si na hora de desenvolver qualquer software. Porém, essa cobrança muitas vezes passa dos limites e faz que o funcionário fique sobrecarregado.


Imagine que você possua um time com 5 integrantes. Quando esse grupo foi formado, a criação e o acompanhamento era de apenas 5 clientes e seus respectivos sistemas. Mas, com o crescimento do negócio, essa quantidade triplicou, chegando a 15 demandas.


Todas essas parcerias precisam de atualizações constantes, visto que os softwares exigem manutenção e atenção. Por isso, esses funcionários deixam de formar uma equipe de alta performance e entregam serviços menos produzidos, inacabados e até mesmo com problemas, tudo ocasionado pela sobrecarga de trabalho.


Aumento de serviço em pouco tempo


Quando o empresário simplesmente ignora o fato de uma equipe não suportar o tamanho de uma demanda, consequentemente esses colaboradores entregam softwares pouco desenvolvidos e sujam a imagem da empresa.


A quantidade de serviço faz com que o número de projetos aumente, mas que falte tempo para realizá-los. Ou seja, no fim de cada planejamento, as organizações não fecham e esses funcionários ficam completamente esgotados e com tudo atrasado.


O equilíbrio para uma equipe de alta performance


Em vista disso é importante colocar, em primeiro lugar, o equilíbrio entre as demandas e as equipes. A quantidade de serviços sempre irá crescer dentro de uma empresa, porém um planejamento conciso é fundamental.


A performance de uma equipe está completamente ligada ao gerenciamento oferecido pelo líder desse grupo. Se você, por exemplo, deixa que seus colaboradores trabalhem excessivamente e que não tenham o acompanhamento adequado, certamente esse serviço sairá com problemas.


Por isso, o segredo para uma equipe de alta performance não está somente em ter os melhores especialistas e oferecer softwares atualizados, mas também na organização interna e no planejamento prévio de trabalhos.


Planejamento para novos clientes


É importante ressaltar, em meio a isso, que novos projetos precisam passar por uma análise rigorosa. A tecnologia é uma ciência que está em constante atualização, exigindo que todos os funcionários estejam sempre ligados, inclusive, aos serviços que já foram encerrados.


Antes de dar entrada a novos clientes é necessário fazer reuniões e identificar se é possível acrescentar aquele novo projeto para a equipe. Por meio dessa auditoria é possível analisar se mesmo com mudanças internas é viável realizar essa parceria.


Caso não seja, o cliente pode entrar numa fila de espera ou você, empresário, contratar uma nova equipe para cuidar dessa demanda. Mas, em hipótese alguma sobrecarregue ainda mais o seu time.


Como organizar os times internos de desenvolvimento?


Não se desespere em meio a isso, pois existem soluções cabíveis! Mesmo que seja uma situação complexa, é possível organizar o seu time e fazer com que ele continue como uma equipe de alta performance para o mercado mesmo com uma demanda maior.


Para isso separamos algumas dicas fundamentais, que grandes empresas utilizam e que ajudam nessa organização dos colaboradores e serviços para desenvolver.


Autonomia entre equipes


O primeiro passo é dar autonomia entre as equipes. Muitas vezes o desenvolvedor fica preso em um serviço esperando a aprovação de um analista ou outro funcionário e acaba gerando uma série de atrasos no planejamento.

Por isso, quanto mais autonomia tiver dentro de seu time, mais rápido e menos trabalhoso o processo se transforma. Caso seja necessário, coloque um colaborador sênior para revisar todos os serviços e liberar para entrega.


Cronograma organizado


Outro passo muito importante é o planejamento de um cronograma organizado. Sabemos que todas as empresas utilizam dessa técnica, porém é necessário haver uma conversa entre todos os membros do time para saber qual a melhor organização entre eles para fazer a entrega.

Um colaborador do time de marketing, por exemplo, não pode datar o tempo de desenvolvimento de um software, pois somente os especialistas nessa área sabem o tempo que leva. Por isso, organize um cronograma pensado e esquematizado pelo próprio grupo.


Indicador de desempenho


É fundamental, em meio a isso, criar também um indicador de desempenho para a equipe de alta performance. Somente por meio dessa análise é possível destacar onde estão os erros e acertos dos colaboradores.

Assim, o time consegue apontar mais fielmente quais pontos estão atrapalhando na entrega e onde se deve investir mais para mudanças. Podemos dizer que essa é uma maneira de indicar como está o trabalho de cada colaborador e a união entre a equipe.


Terceirização


Por fim, a terceirização é uma opção viável para negócios que precisam de mais funcionários, mas não possuem espaço/verba para alocar uma pessoa dentro da empresa.


Por meio desse modelo de serviço é possível contratar outras empresas, como a Evoluum, que possuem desenvolvedores próprios para se unir a equipe de alta performance, ou até mesmo serviços de freelancers para suprir o trabalho durante um período de tempo. Dessa maneira você evita o esgotamento de seu quadro de funcionários.


Conclusão


Entendemos até aqui, então, que o grande número de demandas pode ser uma inimiga para a equipe de alta performance. Contudo, é possível contornar essa situação levando em consideração algumas mudanças em autonomia de times, cronograma, desempenho e até mesmo terceirização.


Nunca deixe essas alterações de lado, visto que isso pode custar o desempenho de seus colaboradores. Para você que curtiu o assunto e quer saber mais, continue aqui e acompanhe o nosso blog!


8 visualizações0 comentário