Tecnologia no varejo: como usar a inovação para superar desafios!


O setor do varejo é um dos mais competitivos e sempre está em constante modificação, seja pelo consumo dos clientes ou da economia em si, que atualmente está cada vez mais instável devido ao aumento da inflação.


Além disso, há também o crescimento dos concorrentes, que podem ser físicos ou digitais, e fazem com que as empresas adotem novas tecnologias para o varejo.

E como o varejista pode ficar com dúvidas sobre o que implantar em seu negócio, confira abaixo algumas boas ideias que podem te ajudar.


Inovação no varejo: o que é

Inovação basicamente se trata de qualquer criação ou mudanças que podem acontecer em diferentes áreas como, por exemplo, nos serviços, nas empresas, na ciência ou nos produtos. Porém nas empresas em si, isso é visto como um serviço ou produto que é oferecido ou até mesmo quando há uma implementação de novas soluções.


A inovação é, mais do que tudo, uma grande quebra de paradigma que vai impactar de maneira positiva a qualidade de vida das pessoas. E também achar soluções para desafios que já existem, não só criar algo do zero.


Lidando com os problemas

Existem algumas perguntas que você pode e deve fazer para definir quais são os problemas que sua empresa está enfrentando. São elas:

  • Qual o maior problema do negócio?

  • Onde os atritos podem ser diminuídos?

  • Quais são as operações que gastam mais tempo? E quais demandam mais recursos para serem feitas?

  • Como posso engajar todo o meu time? E como auxiliar as equipes que estão operando diariamente?

Com as questões acima, você já pode decidir quais são as soluções inovadoras que seu negócio deverá investir.


Ideias para inovar no varejo

Confira os tópicos a seguir para aprender novas ideias e inovar na sua empresa.


Integrando o varejo com a internet e o uso de aplicativos

Varejo e tecnologia precisam andar lado a lado, ainda mais no mundo cada vez mais conectado que vivemos. Portanto, nada melhor do que fazer um perfil para sua empresa nas redes sociais como o Instagram, por exemplo. Lá, você poderá postar o dia a dia da sua empresa, ofertas, novidades e promoções para seus clientes.


Além disso, integrar seu varejo com serviços de entrega pode ser uma boa opção também, já que muitos clientes hoje em dia não querem sair de casa para fazer as suas compras. Alguns dos aplicativos mais usados nesse segmento são o iFood, Rappi e Uber Eats.


Outra boa recomendação é ter um WhatsApp da sua empresa para se relacionar com os clientes, mandar ofertas e promoções. Ou até mesmo abrir um canal para que eles entrem em contato para fazer compras ou reservas de novos produtos.


Relação com os clientes

Hoje em dia, os clientes desejam ter uma relação mais próxima e humana com as empresas. Então a recomendação é tentar fazer com que eles voltem sempre e se tornem fiéis, mas não só pelo seus preços, mas também pelo atendimento que seu negócio oferece.


Aplique treinamentos para os funcionários e ensine-os a serem sempre cordiais e simpáticos, seja no atendimento online ou presencial.






Aplicando Big Data e Business Intelligence

Você sabe o que é o Big Data? Esse conceito é relativamente recente e basicamente se trata de adquirir e analisar grandes quantidades de informações sobre os seus clientes, que antigamente eram vistas como irrelevantes, mas que hoje são fundamentais. O Big Data é tido como a tecnologia para varejo mais importante atualmente.


Além disso, há também o Business Intelligence, que é a coleta, o armazenamento, o tratamento, a análise e a implementação dos dados adquiridos dos consumidores de forma estratégica.


Ambas opções podem fazer com que as pessoas tornem-se fiéis à sua loja, gastando cada vez mais e por mais tempo.


Mas como fazer para adquirir o Big Data e implementar o Business Intelligence em sua empresa? Você precisa implantar um software unificado na sua empresa, pois dessa maneira, será possível diminuir o tempo de algumas operações (especialmente as que demandam mais tempo), e também ajudar o time a resolver qualquer tipo de questão mais rapidamente.


Converse com sua equipe

Como a relação humana está cada vez mais importante nos dias de hoje, não podemos esquecer que seus funcionários podem ter boas ideias também. Converse com seus gerentes, fiscais e operadores de caixa, supervisores e demais colaboradores para entender a fundo tudo o que está acontecendo e tudo que pode ser melhorado dentro de cada setor.


Afinal, quem melhor para trazer um feedback do que está acontecendo se não aquele que vive aquilo diariamente? É importante entender que as peças que estão todos os dias no “chão de fábrica”, são fundamentais para a base do crescimento da sua empresa. Desta forma, os problemas são reconhecidos de perto, o que permite uma solução facilitada do problema.


Outro ponto fundamental é engajar a equipe. Algumas boas ideias para que eles se sintam mais motivados é: oferecer recompensas para os melhores funcionários, fazer análises mensalmente sobre o desempenho de cada um, estabelecer metas claras, reais e possíveis de serem alcançadas e criar planos de crescimento dentro da empresa.


Overdealing

Você conhece o conceito de overdealing? Ele é muito simples e pode fidelizar o cliente também. Overdealing nada mais é do que entregar um algo a mais do que o cliente comprou como, por exemplo, um bilhete fofinho com o nome da pessoa e alguns desenhos simples (emojis de coração e smiley faces) ou até mesmo um brinde.

Cupons de desconto e entrega antecipada também são ótimas maneiras de praticar o overdealing, e com certeza deixam os clientes felizes e mais propensos a comprar outras vezes em sua loja, ou até mesmo recomendá-la para um amigo.


Explore a sazonalidade

Por último, mas não menos importante, você deve explorar a sazonalidade do ano, e não só em datas importantes como a Páscoa e o Natal, por exemplo, mas de outras também.


Faça ofertas, promoções e até mesmo eventos especiais em ocasiões como o Dia dos Namorados, das Crianças, dos Consumidores e do Cliente (as duas são diferentes entre si), Black Friday (que é uma das mais importantes do ano tanto para vendedores quanto consumidores), Cyber Monday (que é a segunda-feira depois da Black Friday), entre outras.


Todas essas soluções apresentadas acima podem te ajudar bastante a implementar mais tecnologia no varejo. Então invista nelas agora mesmo.


13 visualizações0 comentário