Qual a importância do desenvolvedor de segurança nas etapas de criação de software?



Hoje em dia, o acesso a sistemas e base de dados está mais fácil e pessoas mal intencionadas estão espalhadas em todos os cantos do mundo. Com isso, se faz necessário contar com o auxílio de um desenvolvedor de segurança em sua empresa.

Esse profissional é capaz de cuidar e de proteger todas as informações que envolvem um software ou o sistema de uma empresa. Evitando que possíveis ameaças surjam com o decorrer do tempo.


Apesar de ter muita importância para um negócio, é comum que alguns empreendedores acabem tendo dúvidas no momento de escolher se devem ou não contar com este profissional em sua empresa durante a criação de um novo software.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo completo para que você conheça todos os benefícios de ter um desenvolvedor de segurança no seu negócio e sobre as funções deste profissional.


Principais funções de um desenvolvedor de segurança

Existem inúmeras atividades que um desenvolvedor de segurança pode fazer enquanto presta serviço para uma empresa. No entanto, as mais comuns são:

  • Estar sempre atualizado das notícias;

  • Realizar updates em sistemas operacionais da empresa;

  • Aplicar sistemas de segurança nos programas e softwares desenvolvidos;

  • Revisar todos os códigos em produção.

É importante lembrar que as atividades do profissional variam de acordo com a necessidade que a empresa apresenta no momento de desenvolver um software.


Qual a importância da presença do Dev nas etapas de desenvolvimento?

Conhecendo todas as funções que um desenvolvedor de segurança possui dentro de uma empresa, podemos concluir que a sua presença é indispensável durante todas as etapas de criação de um software.

Isso porque ele será capaz de identificar erros que possam vir a comprometer a segurança de um sistema da empresa. Evitando que hackers invadam o seu banco de dados e adquiram informações importantes do negócio ou então dos clientes do mesmo.


Quais são as boas práticas no desenvolvimento de software?

Independente de qual for a área de atuação de uma empresa, os serviços de um desenvolvedor de segurança e as boas práticas na criação de softwares são indispensáveis para trazer menos preocupações para o negócio.

Isso porque essas atividades estão diretamente ligadas ao bom funcionamento dos sistemas da empresa e também com a proteção de todos os dados e informações da companhia e também dos seus clientes.

Existem algumas boas práticas de segurança que são responsáveis por proporcionar mais qualidade durante o processo de desenvolvimento, veja quais são elas:


Ambiente mais seguro para desenvolvimento

Todos os acessos e os processos de desenvolvimento devem ser restritos apenas à equipe responsável pela criação do software.


Gestão do código fonte

Possuir uma ferramenta de gerenciamento garante uma maior integridade e organização dos códigos fonte. Evitando erros quanto à versão que está sendo colocada em produção.


Testes e validação

Essas etapas são indispensáveis para verificar o comportamento e o funcionamento de trechos do código antes da sua implementação final.


Gestão e correção de bugs

O gerenciamento e a correção de possíveis bugs é imprescindível para evitar ocorrências semelhantes em outros desenvolvimentos.


Integração contínua

Trata-se de um processo que entrega uma qualidade melhor para o software que está sendo trabalhado. Ele também automatiza verificações e gera novos releases.


Documentação de software

A documentação de software, quando feita de maneira clara, objetiva e bem estruturada, pode trazer mais qualidade ao processo de desenvolvimento. O que facilita muito na ampliação e nas melhorias futuras.

Se você quer saber mais sobre a importância de contar com um desenvolvedor de segurança enquanto cria um software novo para a sua empresa, então entre no blog da Evoluum e fique por dentro de todas as informações que envolvem este tipo de assunto.






6 visualizações0 comentário